Gasolina brasileira terá teor de enxofre reduzido a partir de 2014

Medida reduzirá emissão de enxofre em 94% e vai melhorar qualidade do ar e reduzir doenças respiratórias

A partir de 1º de janeiro de 2014, a gasolina comum comercializada em todo o território nacional terá o teor de enxofre reduzido para 50 mg/kg em substituição aos 800 mg/kg atuais. A medida da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), prevista na Resolução 40/2013, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 28/10/2013.

 O objetivo é reduzir a emissão de enxofre na atmosfera em 94%, contribuindo para a melhoria da qualidade do ar e para a diminuição de doenças respiratórias. O aumento da qualidade da gasolina comum também melhora o desempenho dos motores automotivos, reduzindo os custos de manutenção e aumentando a durabilidade.

As novas especificações das gasolinas de uso automotivo permitem antecipar o cumprimento, para toda a frota circulante no País, das determinações da etapa L-6 do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), conforme estabelece a Resolução Conama nº 415, de 24 de setembro de 2009, que determina os limites máximos de emissão de poluentes para veículos leves do ciclo Otto.

Fonte: Agência Nacional do Petróleo

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
×

Tudo bem?

Clique no Profissional abaixo para conversar conosco.

×