Semana Mineira mobiliza sociedade para a não geração de resíduos

A Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) promove, entre os dias 16 e 24 de novembro, a IV Semana Mineira de Redução de Resíduos. O evento, que tem como tema principal o conceito “O melhor resíduo é aquele não gerado”, propõe o engajamento de pessoas de diversos segmentos e uma mudança de comportamento da sociedade visando à redução do lixo gerado em Minas. Neste ano, os interessados em participar da semana podem enviar projetos com ações focadas na diminuição da geração de resíduos. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site http://www.minasmenosresiduos.com.br/inscricao.php.

Como nas edições anteriores, a Semana Mineira de Redução de Resíduos será realizada paralelamente à Semana Europeia de Redução de Resíduos. Na Europa, assim como em Minas Gerais, os organizadores do evento assumem o papel de facilitadores, mobilizando a sociedade para que ela própria, representada por suas instituições e seus cidadãos, tome consciência do seu papel e participe, de forma efetiva, das soluções.

De acordo com a presidente da Feam, Zuleika Torquetti, mais do que um problema tecnológico e científico, a questão dos resíduos gerados pela sociedade deve ser encarada como um problema socioambiental. “As consequências são negativas não só para o meio ambiente, mas, também, para a qualidade de vida e o futuro de toda a sociedade”, afirmou.

Política Nacional de Resíduos Sólidos

A Semana Mineira de Redução de Resíduos será realizada no mês seguinte à Conferência Nacional de Meio Ambiente, com o desafio de contribuir para a Política Nacional de Resíduos Sólidos, tendo como foco a produção sustentável; redução dos impactos ambientais; geração de trabalho emprego e renda e educação ambiental. No evento nacional, serão apresentadas propostas definidas, durante a Conferência Estadual de Meio Ambiente, realizada no último mês, em Belo Horizonte, como prioritárias em relação aos resíduos sólidos.

“Estamos num momento importante para a gestão de resíduos no País. A Política Nacional de Resíduos Sólidos prevê a erradicação dos lixões no Brasil até o próximo ano. As administrações públicas municipais precisam se mobilizar e o Estado e a União trabalham dando apoio. Mas precisamos que a sociedade se mobilize e se conscientize do seu importante papel. Ao gerar menos resíduos estamos diminuindo, consequentemente, o impacto no meio ambiente. E é isso que queremos trabalhar durante a Semana Mineira de Redução de Resíduos”, destacou Zuleika.

A presidente acredita que todas as pessoas podem e devem agir para a redução de resíduos. “Todos os dias em casa, no escritório ou na escola, ao fazer compras, cada um de nós pode, por meio de ações simples, reduzir a sua própria geração de resíduos”, explica. “O desafio é grande, mas não impossível de ser vencido”, completa.

Erradicação de Lixões

Nos últimos dez anos, Minas Gerais avançou muito em relação à disposição adequada de resíduos sólidos urbanos, saindo de 823 municípios dispondo em lixões, em 2003, para 267 no final de 2012. Por isso, é preciso refletir sobre a responsabilidade compartilhada entre os setores público e privado, a sociedade civil organizada e o cidadão comum.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
×

Tudo bem?

Clique no Profissional abaixo para conversar conosco.

×