JÁ SOU CLIENTE

Fale conosco

JÁ SOU CLIENTE

Programa Pró-Equidade: O que é e como fazer para sua empresa receber o selo de participação.

Programa Pró-Equidade

Índice deste artigo:

O Programa Pró-Equidade está disposto na Portaria Federal SEPPIR Nº 2467/22 que o institui no âmbito do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Vale conhecê-lo e, por isso, vamos conversar um pouco mais sobre ele.

Esse Programa é direcionado a empresas privadas de médio e grande portes e vai ao encontro do ODS 5 que trata da Igualdade de Gênero, aos critérios ESG e contribui com a promoção de novas relações no mundo do trabalho.

Diante do cenário de discussão sobre o assunto na atualidade, a adesão ao programa pode ser uma forma de valorização do negócio e de criação de propósito.

O que é?

O Pró-Equidade é um programa inovador e de grande relevância social, cujo objetivo primordial é conscientizar organizações e suas lideranças sobre a importância de adotar práticas justas e inclusivas no ambiente de trabalho.

Desenvolvido pelo Governo Federal e coordenado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, o programa busca eliminar barreiras que perpetuam a desigualdade de gênero e raça no contexto corporativo.

Com um foco estratégico na gestão de pessoas e na transformação da cultura organizacional, o Pró-Equidade estimula as empresas, tanto do setor público quanto privado, a promoverem igualdade real entre mulheres e homens, bem como entre diferentes raças e etnias. Isso envolve o combate ativo à discriminação de gênero e raça, a eliminação de práticas de racismo e assédio moral e sexual, e a promoção de uma remuneração justa e oportunidades iguais de emprego e ascensão profissional.

Para as empresas que decidem aderir voluntariamente a este programa, o caminho envolve a implementação de políticas e práticas que garantam esses princípios de igualdade. Como reconhecimento ao seu comprometimento e progresso, estas organizações podem receber um selo de participação, evidenciando seu papel ativo na construção de um mercado de trabalho mais justo e inclusivo.

O Pró-Equidade trabalha em parceria com entidades reconhecidas como a ONU Mulheres e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), fortalecendo ainda mais sua base de atuação e assegurando que as práticas recomendadas estejam alinhadas com os mais altos padrões internacionais de direitos humanos e igualdade no trabalho.

rocha cerqueira

Portanto, este programa não apenas beneficia o ambiente interno das empresas, promovendo um clima organizacional mais saudável e produtivo, mas também contribui para o avanço social como um todo, ao desafiar e mudar as dinâmicas de desigualdade ainda presentes no mundo corporativo.

Como participar do Programa Pró-Equidade?

Para participar do Programa, a empresa deve preencher um Formulário de Perfil e elaborar um Plano de Trabalho que aborde o eixo gestão de pessoas e cultura organizacional. Nele, é preciso descrever como a empresa desenvolverá as ações de equidade no ambiente de trabalho. A empresa que executar as ações de forma satisfatória contará com uma marca de gestão eficiente – o Selo Pró-Equidade.

⚠️ Confira também estes artigos relacionados 👇

➡️ Sustentabilidade: quais são os principais tipos e a importância para as empresas
➡️ Meio Ambiente, ESG e a Sociedade Pós-digital: reflexões necessárias sobre nosso futuro
➡️ Acesse gratuitamente o Calendário Ambiental deste ano

Selo Pró-Equidade

A concessão do Selo Pró-Equidade às empresas que aderirem ao Programa está sujeita ao compromisso com os seus objetivos que devem ser expressos de forma quantitativa e qualitativa no Plano de Trabalho. Para receber o selo, as empresas participantes precisam estar em dia com as obrigações trabalhistas.

A empresa deve constituir oficialmente um Comitê Gestor para coordenar o Programa e articular as ações com o objetivo de atuar, construir e gerenciar o Plano de Trabalho. Uma Comissão de Monitoramento e Avaliação acompanha o trabalho e o monitora. Ao final da execução das ações, a empresa deverá elaborar um Relatório Final.

A adesão ao Programa Pró-Equidade é voluntária. Os documentos de adesão deverão ser encaminhados à SNPM, conforme modelos disponibilizados no sítio eletrônico do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Para acessar, clique aqui.

Está é uma excelente oportunidade de as empresas reverem seus objetivos e o que realmente fazem ou podem fazer pela equidade e contribuição com o ODS 5.

Por isso, convidamos você a ouvir também o episódio do Podcast Legal sobre esse tema.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Solicite seu Calendário das Obrigações Ambientais

Preencha o formulário abaixo com seus dados e receba o calendário solicitado em seu endereço de e-mail.

    Possui ou busca qual(s) certificação(s)?

    Cargo/função na empresa

    Você deseja receber o Calendário de qual estado?

    Alagoas será enviado

    Bahia será enviado

    Ceará será enviado

    Espírito Santo será enviado

    Goiás será enviado

    Maranhão será enviado

    Mato Grosso será enviado

    Minas Gerais será enviado

    Pará será enviado

    Paraíba será enviado

    Pernambuco será enviado

    Rio de Janeiro será enviado

    Rio Grande do Norte será enviado

    Rio Grande do Sul será enviado

    Rondônia será enviado

    São Paulo será enviado

    Tocantins será enviado