Meio Ambiente, ESG e a Sociedade Pós-digital: Reflexões necessárias sobre nosso futuro

Meio Ambiente ESG

Dia Mundial do Meio Ambiente

Em 1972, na Assembleia Geral das Nações Unidas, foi criado e escolhido o dia 05 de junho para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data marcou a Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente Humano, conferência que ficou conhecida como Conferência de Estocolmo. 

Mesmo hoje, quase 50 anos depois, a conferência mantém sua importância devido à criação do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) e à aprovação da Declaração da ONU sobre o Meio Ambiente.

Reimagine. Recrie. Restaure

Em 2021, a partir do tema escolhido “Reimagine. Recrie. Restaure.”, a ONU propõe reflexões sobre a revitalização e proteção dos ecossistemas naturais.

A urgente reflexão sobre sustentabilidade e revitalização ambiental apresenta cenários cada vez mais complexos, especialmente, nesse doloroso período de pandemia, marcado pela crise sanitária, social e humanitária.

Olhando por cima do muro – sem, é claro, deixar de compreender e de nos sensibilizar para a coexistência de vários Brasis – e pensando nos próximos anos da década recém-inaugurada, é primordial alinhar os negócios aos princípios do ESG e demonstrar quais práticas de gestão foram adotadas para sustentar, no longo prazo, a redução dos impactos ambientais, especialmente em questões relacionadas ao aquecimento global, à emissão de carbono, à eficiência energética, à gestão de resíduos sólidos e ao uso racional dos recursos naturais, dentre tantos outros.

ESG

Voltando à SIGLA do ESG, além da letra E (environment ou meio ambiente), temos, com a letra S, a inclusão da dimensão social que se inicia com o relacionamento justo do negócio com seus fornecedores e estende-se  a outros temas como inclusão, diversidade, privacidade, proteção de dados, relações de trabalho e relações com as comunidades onde atuamos.

Por sua vez, a letra G vem de governança  que se traduz como conjunto de práticas de gestão corporativa que fortalecerão as empresas no enfrentamento dos desafios apresentados pela Sociedade 5.0, tais como: diversidade nos conselhos e boards (diretorias), ética e transparência, canais de denúncia de desvios, para citar alguns exemplos apenas.

Por tudo isso, nunca foi tão importante pensar nossos negócios para torná-los, cada vez mais, eficientes, sustentáveis, diversos, antifrágeis. 

Sociedade 5.0

O conceito de Sociedade 5.0 – fomentado no Japão em 2016 – traz consigo importante passo evolutivo focado no uso das novas e disruptivas tecnologias – Big Data, Inteligência Artificial, Internet das Coisas, para criação de soluções para as necessidades humanas (e não empresariais).

Assim, ganharão cada vez mais relevância, valores como sustentabilidade, qualidade de vida e inclusão social. O mercado de trabalho começa – e apenas começa – a entender (e porque não sentir) a transformação da digitalização, do anywhere office, da diversidade intergeracional (pela primeira vez, convivem no mercado de trabalho até 6 gerações de colaboradores) e da super comunicação.

Cada vez mais, as equipes de trabalho deverão demonstrar suas Real Skills. Para inspirar e influenciar – influência essa que em nada se confunde com número de seguidores ou likes – clientes, consumidores e colaboradores é necessário alinhar o discurso à prática para manutenção de nossa credibilidade pessoal, profissional e empresarial.

Logo, pensar em como precisamos nos posicionar proativamente é a grande chave para causar impactos positivos nas pessoas que estão ao nosso redor.

⚠️ Confira também estes artigos relacionados 👇

➡️ Sustentabilidade: quais são os principais tipos e a importância para as empresas
➡️ Meio Ambiente, ESG e a Sociedade Pós-digital: reflexões necessárias sobre nosso futuro
➡️ Acesse gratuitamente o Calendário Ambiental deste ano

Inovação para o futuro

Por fim, importante lembrar que devemos trabalhar com vistas à chamada inovação para o passado – voltando nossos olhos para a melhoria dos processos já existentes e, principalmente, à inovação para o futuro – verdadeiramente disruptiva, investindo recursos no desenvolvimento de produtos e serviços que tenham no DNA o respeito ao meio ambiente, às comunidades onde atuamos e à sociedade em geral.

Pensar na nova era pós-digital é pensar em nosso propósito e em nosso legado. É saber que a nossa pegada na terra ficará presente por muitos anos e que somos responsáveis pela qualidade de vida de nossa geração e de todas aquelas que sobrevirão.

Walter Rocha Cerqueira

Sócio-fundador – CEO Rocha Cerqueira Sociedade de Advogados

OAB MG 78130 – walter@rochacerqueira.com.br

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Solicite seu Calendário das Obrigações Ambientais

Preencha o formulário abaixo com seus dados e receba o calendário solicitado em seu endereço de e-mail.

    Possui ou busca qual(s) certificação(s)?
    Cargo/função na empresa
    Você deseja receber o Calendário de qual estado?

    Alagoas será enviado
    Bahia será enviado
    Ceará será enviado
    Espírito Santo será enviado
    Goiás será enviado
    Maranhão será enviado
    Mato Grosso será enviado
    Minas Gerais será enviado
    Pará será enviado
    Paraíba será enviado
    Pernambuco será enviado
    Rio de Janeiro será enviado
    Rio Grande do Norte será enviado
    Rio Grande do Sul será enviado
    Rondônia será enviado
    São Paulo será enviado
    Tocantins será enviado

    ×

    Tudo bem?

    Clique no Profissional abaixo para conversar conosco.

    ×