JÁ SOU CLIENTE

Fale conosco

JÁ SOU CLIENTE

NR 15 Atualizada: Norma Regulamentadora para controle da exposição a agentes nocivos no ambiente de trabalho 

Norma Regulamentadora do Trabalho 15

Índice deste artigo:

Analise conosco os aspectos cruciais da NR 15, a norma que estabelece as diretrizes para o controle da exposição a agentes nocivos no ambiente de trabalho.  

Neste artigo abrangente, vamos explorar desde os objetivos da NR 15 até suas recentes atualizações e impactos. 

Você entenderá como identificar ambientes insalubres, os direitos dos trabalhadores, a correlação entre a NR 15 e a ISO 45001, bem como sua relação com os critérios ESG.  

Além disso, vamos mostrar como monitorar o atendimento da NR 15 e apresentar o Qualifica NG, uma ferramenta poderosa para a gestão de requisitos legais.  

Prepare-se para uma leitura indispensável para Profissionais que atuam com segurança do trabalho nas empresas, Gestores de SGI, e CFOs e CEOs que desejam garantir um ambiente de trabalho saudável e em conformidade com a legislação. 

Vamos lá: 

O que é a NR 15 

Do que trata cada um dos 14 anexos da NR 15 

Últimas alterações na NR 15

O que são ambientes insalubres e como identificá-los 

Insalubridade e Direitos do Trabalhador 

NR 15 e a ISO 45001 

NR 15 e ESG 

Como monitorar o atendimento da NR 15 

O que é a NR 15 

A Norma Regulamentadora 15 (NR 15) é uma importante regulamentação que visa garantir a saúde e segurança dos trabalhadores expostos a agentes nocivos no ambiente de trabalho. Seu objetivo principal é estabelecer os limites de tolerância para diferentes agentes e atividades, a fim de prevenir doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. 

A NR 15 se aplica a todas as empresas, independentemente do porte ou ramo de atividade, que possuem funcionários expostos a condições insalubres. Essas condições podem estar relacionadas a agentes físicos, químicos ou biológicos presentes no ambiente laboral. 

A norma é composta por 14 anexos, cada um deles abordando um agente específico e seus respectivos limites de tolerância. A seguir, discutiremos cada um desses anexos e sua importância para a proteção da saúde dos trabalhadores. 

Do que trata cada um dos 14 anexos da NR 15 

  1. Ruído: Este anexo trata dos limites de tolerância para exposição a ruídos no ambiente de trabalho, com o objetivo de prevenir perdas auditivas e outros danos à saúde causados pelo ruído excessivo. 
  1. Calor: Aborda as condições de trabalho em ambientes com temperaturas elevadas, estabelecendo medidas para prevenir a ocorrência de doenças relacionadas ao calor, como a insolação e o estresse térmico. 
  1. Radiações ionizantes: Estabelece limites de exposição a radiações ionizantes, como as provenientes de materiais radioativos, com o intuito de proteger os trabalhadores dos efeitos nocivos dessas radiações. 
  1. Radiações não ionizantes: Este anexo trata dos limites de exposição a radiações não ionizantes, como as emitidas por equipamentos de telecomunicações, apontando medidas de prevenção para garantir a segurança dos trabalhadores. 
  1. Trabalho sob condições hiperbáricas: Aborda as atividades desenvolvidas em ambientes com pressão atmosférica acima do normal, como os trabalhos em mergulho, estabelecendo diretrizes para garantir a saúde dos profissionais envolvidos. 
  1. Frio: Trata das atividades realizadas em ambientes com temperaturas baixas, estabelecendo medidas para prevenir a ocorrência de doenças relacionadas ao frio, como a hipotermia e o congelamento. 
  1. Vibrações: Aborda os efeitos das vibrações no ambiente de trabalho, provenientes de ferramentas, máquinas e equipamentos, estabelecendo limites de exposição para prevenir doenças ocupacionais.  
  1. Umidade (continuação): Este anexo estabelece critérios para o controle da exposição ocupacional ao calor e umidade, a fim de prevenir doenças como a hiperidrose e o estresse térmico. 
  1. Agentes químicos: Aborda a exposição a agentes químicos, como poeiras, gases, vapores, névoas e fumos, definindo os limites de tolerância e as medidas de controle necessárias para evitar intoxicações e doenças relacionadas. 
  1. Poeiras minerais: Este anexo trata da exposição a poeiras minerais, como as provenientes de atividades em minas e pedreiras, estabelecendo limites de tolerância e medidas de prevenção para proteger a saúde dos trabalhadores. 
  1. Atividades e operações insalubres: Aborda as atividades e operações que são consideradas insalubres, apresentando critérios para classificação, enquadramento e medidas de controle necessárias para garantir a saúde dos trabalhadores envolvidos. 
  1. Limites de tolerância para poeiras minerais fibrogênicas: Esse anexo estabelece limites de tolerância específicos para poeiras minerais fibrogênicas, como asbesto (amianto), que são reconhecidas como causadoras de doenças graves, como a fibrose pulmonar. 
  1. Agentes químicos cuja insalubridade é caracterizada por limite de tolerância e inspeção no local de trabalho: Aborda agentes químicos que possuem limites de tolerância e exigem inspeção no local de trabalho para caracterizar a insalubridade, como chumbo, benzeno, mercúrio, entre outros. 
  1. Radiações ionizantes e substâncias radioativas: Este anexo trata da exposição a radiações ionizantes e substâncias radioativas, estabelecendo medidas de controle e segurança para evitar a ocorrência de doenças causadas por esses agentes. 

Últimas alterações na NR 15 

O texto da NR 15 sofreu 19 alterações pontuais ao longo de mais de 40 anos de vigência. Por ser uma NR que podemos chamar de transdisciplinar, ele estabelece correlação com várias outras NRS. 

As últimas modificações se deram pela publicação da Portaria MTP 426/2021 e da Portaria MTP 806/2022 

Essas mudanças objetivam sempre atualizar a norma de acordo com as novas demandas e conhecimentos científicos na área de saúde e segurança do trabalho. Alguns pontos relevantes das alterações incluem: 

Rocha Cerqueira
  • Atualização dos limites de tolerância para determinados agentes nocivos, levando em consideração os avanços científicos e as recomendações internacionais. 
  • Inclusão de novos agentes nocivos na norma, considerando as mudanças nos processos e tecnologias utilizadas nas empresas. 
  • Aperfeiçoamento dos critérios de avaliação e caracterização da insalubridade, visando uma análise mais precisa e adequada às condições reais de trabalho. 

O que são ambientes insalubres e como identificá-los 

Ambientes insalubres são aqueles em que os trabalhadores estão expostos a condições prejudiciais à saúde, devido à presença de agentes físicos, químicos ou biológicos acima dos limites estabelecidos pela NR 15. Identificar esses ambientes é essencial para garantir a saúde dos trabalhadores e aplicar as medidas de controle adequadas. 

A identificação de ambientes insalubres pode ser realizada por meio de avaliações ambientais, análises de riscos, monitoramento de agentes nocivos, laudos técnicos e observação das condições de trabalho. É importante contar com profissionais especializados em segurança do trabalho para realizar essa identificação de forma precisa e confiável. 

Uma vez identificados os ambientes insalubres, é necessário adotar medidas de prevenção e controle. Isso pode envolver a implementação de equipamentos de proteção individual (EPIs), modificações nos processos de trabalho, investimentos em tecnologias mais seguras, treinamentos para os trabalhadores e monitoramento contínuo das condições laborais. 

Insalubridade e Direitos do Trabalhador 

Quando os trabalhadores exercem suas atividades em ambientes insalubres, possuem direitos específicos assegurados pela legislação trabalhista. Esses direitos visam proteger sua saúde e garantir condições de trabalho adequadas. Alguns direitos dos trabalhadores em atividades insalubres incluem: 

  • Adicional de insalubridade: Os trabalhadores têm direito a um adicional de remuneração, calculado com base no salário-mínimo e de acordo com o grau de insalubridade a que estão expostos. Esse adicional é garantido pela Constituição Federal e regulamentado pela NR 15. 
  • Acesso a equipamentos de proteção individual (EPIs): Os empregadores são responsáveis por fornecer os EPIs adequados aos trabalhadores expostos a agentes insalubres. Além disso, devem garantir treinamento sobre o uso correto e a manutenção dos equipamentos. 
  • Monitoramento da saúde: Os trabalhadores que atuam em atividades insalubres têm direito a exames médicos periódicos para avaliar sua saúde e identificar possíveis doenças relacionadas à exposição a agentes nocivos. Esses exames devem ser realizados pela empresa em parceria com serviços médicos especializados. 

É de suma importância que as empresas estejam cientes dos direitos dos trabalhadores e comprometidas com o cumprimento das normas de saúde e segurança no trabalho. Por isso é essencial que Gestores e todas os profissionais de áreas estratégicas conheçam profundamente os direitos dos colaboradores que atuam em ambientes insalubres e sejam diligentes em garantir sua plena aplicação.  

Em caso de qualquer dúvida, é fundamental contar com assistência jurídica especializada e garantir segurança jurídica para as decisões. Ao estabelecer uma cultura corporativa focada na saúde e segurança, as empresas demonstram o compromisso da empresa com o bem-estar dos funcionários, fortalecem a imagem da organização e evitam possíveis implicações legais. 

NR 15 e a ISO 45001 

A Norma Regulamentadora 15 (NR 15) e a ISO 45001 estão diretamente relacionadas quando se trata de saúde e segurança no trabalho. A ISO 45001 é uma norma internacional que estabelece diretrizes e requisitos para sistemas de gestão de saúde e segurança ocupacional. 

A NR 15, por sua vez, define os limites de tolerância e as medidas de controle necessárias para prevenir doenças ocupacionais decorrentes da exposição a agentes nocivos. Essa norma brasileira está alinhada com os princípios e objetivos da ISO 45001, que busca garantir um ambiente de trabalho seguro e saudável para os colaboradores. 

Ao implementar um sistema de gestão de acordo com a ISO 45001, as empresas podem integrar as exigências da NR 15 em seus processos e procedimentos. A ISO 45001 fornece uma estrutura eficiente para identificar, avaliar e controlar os riscos ocupacionais, o que está em conformidade com as exigências da NR 15. 

A adoção da ISO 45001 em conjunto com a NR 15 traz benefícios significativos para as empresas, como a melhoria da gestão de riscos, redução de acidentes e doenças ocupacionais, aumento da conformidade legal e aprimoramento da cultura de segurança no ambiente de trabalho. 

NR 15 e ESG 

A abordagem ESG refere-se a critérios ambientais, sociais e de governança adotados pelas empresas para gerenciar riscos, criar valor ao negócio e assim promover a sustentabilidade e a responsabilidade social. A NR 15 correlaciona-se aos critérios ESG, uma vez que está vinculada diretamente à saúde e segurança dos trabalhadores. Sua inobservância pode aumentar riscos, criar passivos trabalhistas, impedir a geração de propósito e desvalorizar investimentos.  

Cabe incluir na lista de indicadores relevantes sobre o tema os ODS da ONU. A NR 15 relaciona-se ao ODS 8 de Trabalho e Desenvolvimento Econômico e ao ODS 3, Saúde e Bem-estar. 

A conformidade com a NR 15 demonstra o compromisso da empresa com a proteção da saúde dos colaboradores e com a adoção de práticas sustentáveis no ambiente de trabalho. Ao garantir que os limites de tolerância sejam respeitados e que as medidas de controle sejam implementadas, as empresas contribuem para a preservação do meio ambiente e para a promoção de uma cultura empresarial responsável, especialmente em tempos de capitalismo de stakeholders. 

Os critérios ESG estão cada vez mais presentes nas estratégias de negócio, sendo considerados fatores importantes na avaliação de investimentos e na reputação das empresas. A conformidade com a NR 15, assim como com outras normas de saúde e segurança ocupacional, é fundamental para alcançar esses critérios e promover uma gestão empresarial sustentável e socialmente responsável. 

Como monitorar o atendimento da NR 15? 

O monitoramento do atendimento à NR 15 e a outras Normas Regulamentadoras do Trabalho é essencial para garantir que as empresas estejam em conformidade com as exigências legais e para proteger a saúde e segurança dos trabalhadores. Para isso, a gestão de requisitos legais desempenha um papel fundamental. 

A gestão de requisitos legais consiste em identificar, analisar e acompanhar as legislações aplicáveis ao ambiente de trabalho, incluindo a NR 15. Essa prática permite que as empresas tenham conhecimento atualizado sobre as obrigações legais, as alterações na legislação e as melhores práticas para o cumprimento dos requisitos. 

E é aí que vale a pena conhecer o Qualifica NG, é uma plataforma completa e personalizada que centraliza todas as informações relacionadas às normas em um único local.  

Com o Qualifica NG, as empresas podem:  

  • Conhecer apenas as normas aplicáveis ao suas atividades 
  • centralizar todas as informações relacionadas às normas em um único local, realizar o acompanhamento dos requisitos,  
  • receber alertas sobre alterações na legislação e manter um histórico de auditorias e ações corretivas.  

O Sistema possui um dashboard interativo com os indicadores estratégicos para indicar o que realmente é importante e priorize suas ações. Seja no nível estratégico, gerencial ou operacional, conte com um painel completo contendo as principais informações, métricas e indicadores inteligentes para orientar suas decisões e otimizar a performance da sua empresa.  

Além disso, a plataforma oferece recursos avançados de relatórios e análises, facilitando a tomada de decisões e a demonstração de conformidade com a Legislação, com as certificações ISO e IRMA e ainda um módulo exclusivo para acesso a uma visão estratégica no atendimento da agenda ESG para auxiliar nas tomadas de decisão, tais como: 

  • Mapeamento de riscos e oportunidades para organizações 
  • Identificação de atividades que estão em harmonia com a agenda estratégica da empresa. 
  • Nível de maturidade e necessidades da organização. 
  • Dados que auxiliam na definição de objetivos estratégicos e iniciativas prioritárias nos pilares ESG e ODSs (ONU). 

Transforme a gestão de requisitos legais em sua empresa, proteja a saúde e segurança dos trabalhadores e fortaleça a reputação da sua organização.  

Clique abaixo para conversar com nossos especialistas e solicitar uma demonstração. 

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Solicite seu Calendário das Obrigações Ambientais

Preencha o formulário abaixo com seus dados e receba o calendário solicitado em seu endereço de e-mail.

    Possui ou busca qual(s) certificação(s)?

    Cargo/função na empresa

    Você deseja receber o Calendário de qual estado?

    Alagoas será enviado

    Bahia será enviado

    Ceará será enviado

    Espírito Santo será enviado

    Goiás será enviado

    Maranhão será enviado

    Mato Grosso será enviado

    Minas Gerais será enviado

    Pará será enviado

    Paraíba será enviado

    Pernambuco será enviado

    Rio de Janeiro será enviado

    Rio Grande do Norte será enviado

    Rio Grande do Sul será enviado

    Rondônia será enviado

    São Paulo será enviado

    Tocantins será enviado