Impactos da recente publicação da Resolução ANM Nº 95/2022

Resolução ANM Nº 952022

A ANM publicou, em 16 de fevereiro de 2022, a Resolução ANM Nº 95/2022. Essa Resolução consolida seis outras legislações relacionadas à segurança de barragens de mineração: Portaria DNPM Nº 70.389/2017 e as Resoluções ANM Nº 13/2019, 32/2020, 40/2020, 51/2020 e 56/2021. Todas elas foram expressamente revogadas.

A Resolução ANM Nº 95/2022 vigorará a partir do próximo 22 de fevereiro.

Mudanças da ANM Nº 95/2022

Além de unificar todas as obrigações de segurança de barragens anteriormente esparsas em regulamentos da ANA, a norma apresenta algumas alterações e implementações importantes do ponto de vista do empreendedor detentor de estruturas de barragem.

Primeiramente, destacamos:

  • alteração das hipóteses de classificação em Categoria de Risco Alta e de enquadramento de nível de emergência;
  • inclusão de novas hipóteses de embargo, suspensão e interdição;
  • obrigatoriedade de reavaliação dos empilhamentos drenados não susceptíveis à liquefação, em intervalos não superiores a 1 ano, mantendo a obrigação de aplicação das obrigações previstas na Resolução caso constatada a susceptibilidade à liquefação;
  • alteração das hipóteses de classificação em Categoria de Risco Alta e de enquadramento de nível de emergência.

Em seguida, outra mudança importante diz respeito à definição de conceitos que balizam a temática, entre eles:

  • Risco Aceitável” e “Risco Inaceitável” (situação em que o trabalho não deve ser iniciado nem continuar até que o risco tenha sido reduzido. Se não for possível reduzir o risco, mesmo com recursos ilimitados, o trabalho tem de permanecer proibido);
  • Estrutura de Contenção a Jusante “ECJ” (estrutura construída a jusante de uma barragem de mineração ou empilhamento drenado com disposição hidráulica de rejeitos e suscetíveis à liquefação, com o objetivo de reter os efluentes desta no evento de ruptura ou funcionamento inadequado).
  • ALARP(As Low as Reasonably Practible): “onde os esforços para a redução de risco devem ser contínuos até que o sacrifício adicional (em termos de custo-benefício, viabilidade técnica, tempo, esforço ou outro emprego de recursos) seja amplamente desproporcional à redução de risco adicional alcançada.

Como fica a classificação das Barragens?

A classificação da Barragens se dará, quanto à gestão operacional, de acordo com critérios de cumprimento de obrigações legais como tempestividade de entregas de DCE, DCO e EIR, dispostas no Anexo IV em detrimento da exclusiva relação entre Dano Potencial Associado (DPA) anteriormente.  Além disso, as classes de qualificação foram alteradas para constar AA, A, B, C e D. Não existe mais a classe E.

Prazos e procedimentos importantes:

Para barragens que iniciaram a instalação ou operação antes de 01/10/2020, e possuem população na ZAS, o empreendedor deverá realizar uma das seguintes alternativas:

  1. Descaracterizar a estrutura até 31/12/2027.
  2. Reassentar a comunidade e o patrimônio cultural até 31/12/2027.
  3. Realizar obras de reforço que garantam a estabilidade efetiva da estrutura, com prazos específicos.

Atenção para um curto prazo: O empreendedor deverá apresentar à ANM, até 30/06/2022, um estudo elaborado por equipe técnica devidamente habilitada. O estudo deve contemplar a relação de custos, riscos e benefícios de cada uma das alternativas indicadas e sugerir a opção mais viável.

Então, de posse dessas informações, a ANM se manifestará sobre a alternativa considerada adequada, podendo consultar, a seu critério, outros órgãos públicos envolvidos no assunto.

Estudo da Resolução ANM Nº 95/2022

A Resolução ANM Nº 95/2022 é uma norma robusta, como várias outras alterações além das já indicadas acima e, por isso, merece atenção especial das equipes gestoras. 

Dessa forma, a equipe de advogados da Rocha Cerqueira já realizou estudo completo da legislação e informará aos seus clientes, na atualização mensal do Sistema Qualifica, quais são os novos requisitos, mantendo o firme compromisso de orientá-los para o correto preenchimento de checklists.

Seguimos juntos e à disposição para esclarecer todas as dúvidas.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Solicite seu Calendário das Obrigações Ambientais

Preencha o formulário abaixo com seus dados e receba o calendário solicitado em seu endereço de e-mail.

    Possui ou busca qual(s) certificação(s)?
    Cargo/função na empresa
    Você deseja receber o Calendário de qual estado?

    Alagoas será enviado
    Bahia será enviado
    Ceará será enviado
    Espírito Santo será enviado
    Goiás será enviado
    Maranhão será enviado
    Mato Grosso será enviado
    Minas Gerais será enviado
    Pará será enviado
    Paraíba será enviado
    Pernambuco será enviado
    Rio de Janeiro será enviado
    Rio Grande do Norte será enviado
    Rio Grande do Sul será enviado
    Rondônia será enviado
    São Paulo será enviado
    Tocantins será enviado

    ×

    Tudo bem?

    Clique no Profissional abaixo para conversar conosco.

    ×